Seguidores

sábado, 23 de novembro de 2013

Evitando as fibroses no pós operatório estético


Bonjour Chers.
Hoje em dia é muito comum as pessoas recorrerem as varias técnicas de Cirurgias Plásticas para melhorar ou corrigir alguma insatisfação corporal.
Atendo muitos casos  de pós operatório e algumas clientes acabam por descuido ou falta de informação fazendo o pós operatório tardio, causando assim edema e a temida fibrose.
Hoje em  nosso post vamos falar um pouco sobre esta alteração no pós operatório e como evitá-la. 
Vem comigo;)

Fibroses no pós operatório > É a soma do edema mais proteínas acumuladas, onde os fibroblastos, (responsáveis por promover a cicatrização), trabalham desordenadamente, produzindo excesso de colágeno, que por sua vez, acarreta as ondulações, (de colágeno), repuxamento ou retração da pele e as dores, sem contar o aspecto nada agradável nas áreas envolvidas.
A drenagem linfática é o recurso mais recomendado no pós operatório das cirurgias plásticas estéticas e outros procedimentos invasivos como por exemplo, a lipo ligth, pois acelera a recuperação, evita mais edemas e as fibroses.O tecido fibrosado ou as cicatrizes internas é predominantemente constituída de colágeno, uma maneira que o organismo tem de cicatrizar lesões quando o tecido lesado não consegue recuperar a sua funcionalidade integralmente.
Se há pouca formação de fibrose, normalmente não há problemas, mesmo por quê, com o tempo ela tende a desaparecer, mas o esteticista percebendo essa condição, procura, (no pós operatório tardio da lipo, após trinta dias e das cirurgias plásticas, após a liberação do médico), entrar com outros recursos como por exemplo a endermologia, que ajuda a adelgaçar mais rapidamente e tornar mais maleável essa cicatriz, assim como para evitar a sensação de repuxamento ou endurecimento no local.
Se a fibrose vai se tornando muito proeminente ou saliente, (principalmente à partir do 14° dia da intervenção), o endurecimento maior no local, as nodulações, a retração da pele e a dor podem se apresentar, assim como as irregularidades na pele.
Para melhores resultados, o importante é não deixar de fazer a drenagem linfática e obedecer à risca todas as recomendações médicas; lembrando que a fibrose antiga e mais endurecida ou espessa, isto é, não tratada precocemente, é mais difícil de reabsorver a cicatriz, lacear ou tratar com os recursos estéticos; talvez apenas pela medicina estética, o que pode ser de certa forma, mais traumático, além de encarecer o tratamento do pós operatório.

Observações finais: Não deixe de fazer o pós operatório após o procedimento cirúrgico e garanta uma recuperação tranquila e um resultado satisfatório ;)
Fique atento:  ''Estética é com esteticista, procure sempre um profissional habilitado"

Beijos meus!
Postar um comentário

Total de visualizações de página